News:
Casa » Esporte » Protesto contra aumento da tarifa no Rio tem tumulto, feridos e preso

Protesto contra aumento da tarifa no Rio tem tumulto, feridos e preso

foto_6O protesto contra o aumento da tarifa de ônibus, nesta sexta-feira (30), terminou com dois manifestantes feridos – um deles detido – no Centro do Rio. Houve tumulto com policiais militares que cercavam o grupo quando o ato de aproximou da estação Central do Brasil, da Supervia. Cerca de 150 pessoas participaram da manifestação.

O protesto começou pacífico e interditou a Avenida Presidente Vargas por volta das 18h30, na altura da Candelária. O grupo carregou faixas e cartazes pedindo a redução da tarifa até zero. Amulher de biquíni que participou do ato na semana anterior voltou a dar as caras, com um cartaz de papelão por cima do traje de praia. “Cadê a ditadura?”, perguntava o cartaz.

Os policiais fizeram um cordão de isolamento na frente do protesto, o que gerou reclamações do grupo. Alguns manifestantes correram para tentar ultrapassar o bloqueio de PMs. Quando o ato chegou na Central do Brasil, houve tumulto após correria de manifestantes.

Durante a confusão entre PMs e manifestantes, um deles ficou com a cabeça toda ensanguentada e foi detido por policiais. Ele foi levado, ferido, por uma viatura. Outro machucado ficou caído no chão por cerca de 40 minutos, até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Após o tumulto, a PM formou um novo cordão de isolamento próximo das catracas da Central do Brasil, para impedir que manifestantes tentassem pular a roleta. O ato se dispersou por volta das 20h30.

Sobre webmundo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*